ansiedade

Confira 10 dicas para combater a ansiedade!


Ansiedade: esse mal que assola a vida de muitas pessoas que vivem principalmente em grandes cidades e silenciosamente destrói a capacidade de o indivíduo enxergar a felicidade e o prazer nas coisas mais simples da vida.

Você já percebeu que as responsabilidades que temos em nossas vidas são tão significativas que colocamos o prazer, o divertimento e pasmem, nossa própria família, em último plano?

Ao deitar no final do dia, uma pessoa ansiosa simplesmente não consegue se desligar de sua vida agitada. É a conta que está atrasada, o trabalho que precisa ser entregue… ainda mais quando se tem filhos! Criamos uma barreira que nos separa das pessoas que amamos porque, primeiro, temos algum assunto de “extrema importância” pra pensar ou resolver e aquelas pessoas, tão queridas ficam esperando a oportunidade para interagir conosco, frustradas pois esse momento nunca chega. O que elas recebem em troca é exatamente isso, irritabilidade, aspereza, enfim, ensinamos, damos o exemplo de como não devem ser.

A boa notícia é que esse círculo vicioso pode ser interrompido a qualquer momento, basta querer. Tudo que você quer você faz com garra, com força de vontade. Por isso, não se preocupe em se ESFORÇAR para melhorar, se preocupe em QUERER melhorar.

As dicas à seguir não são novidade pra ninguém. Acredito que a maior contribuição que posso dar pra quem se encontra nessa situação é informar que foram elas que me ajudaram a sair de uma prisão a qual não desejo retornar nunca mais em minha vida. Essa prisão é chamada de “tristeza” por alguns ou “depressão” por outros mas o que importa é que a “ansiedade” é um dos caminhos tortuosos que te leva pra lá.

 

 

1. CONSCIENTIZE-SE DO PROBLEMAansiedade_01

Esse é o primeiro passo para reverter qualquer situação desfavorável em sua vida. Acredite, a pessoa que está “no olho do furacão”, ou seja, quem está vendo sua vida tomando rumos indesejáveis, na maioria das vezes, não enxerga que está no caminho errado, muito menos que precisa de ajuda. O “normal” é ser feliz. E porque não somos? Todos temos problemas em nossas vidas mas se os problemas existem, são para serem superados. Aprendemos com eles. Portanto, ter problemas na vida é bom para nossa evolução pessoal e espiritual. Entretanto, devemos prestar atenção se os problemas que estão aparecendo nas nossas vidas estão sendo superados. Devemos também, ter objetivos claros do que queremos e de como gostaríamos de nos sentir. Sem isso, perdemos os parâmetros e se, por exemplo, um motorista “fecha” você no trânsito, é como se a vida lhe dissesse: “Você deve ficar irritado!”, e o que acontece? Você fica irritado. É um comportamento tão lógico que nem questionamos. Ficamos irritados e pronto. Quando temos consciência, damos risada e seguimos em frente rumo aos nossos objetivos.

 

2. PROCURE AJUDAansiedade_02

Não precisa ser louco para buscar ajuda profissional. Converse com pessoas em quem confie na sua família e exponha a situação. Quem ama quer ver o bem da outra pessoa portanto, deixar claro que está com algum problema e que está disposto a resolvê-lo buscando ajuda profissional é um ato louvável e deve ser apoiado. Procure por um médico psiquiatra, clínico geral ou psicólogo. Acredite, esses profissionais podem identificar ou ajudar a identificar traços de comportamento prejudiciais à sua saúde. Ou mesmo algum desequilíbrio químico em seu organismo. Já li em certa ocasião que uma quantidade de pacientes desses profissionais são pessoas bem sucedidas que se preocupam mais em prevenir do que remediar.

 

3. BEBA ÁGUAansiedade_03

Parece bobagem tocar nesse assunto quando estamos querendo nos livrar dos efeitos da ansiedade na nossa rotina mas, pensando bem, nosso organismo funciona como uma máquina e não podemos esperar um bom funcionamento dessa máquina sem que suas engrenagens estejam devidamente lubrificadas. Estamos acostumados com ações negativas, quase que instintivas, às quais recorremos para nos “proteger” ou utilizamos como recompensa por enfrentar certas situações: acendemos um cigarro quando saímos de carro, cafezinho várias vezes ao dia, exageramos na comida e na sobremesa, e por aí vai. Se você adotar uma rotina de beber um copo de água cada vez que se sente ansioso ou estressado, vai notar em pouquíssimo tempo que a digestão dos alimentos melhora, consequentemente a sensação de bem estar, sua pele, seu cheiro, sua aparência em geral, se tornam mais leves.

 

4. COMA BEM
ansiedade_04

Assim como a água promove essa limpeza no nosso corpo, como citado no item anterior, uma alimentação balanceada também promove a restituição do equilíbrio na nossa vida. Alimentos gordurosos, frituras, refrigerantes, etc. tendem a criar ou agravar o comportamento compulsivo. Quando você ingere alimentos prejudiciais, de difícil digestão, como os citados, seu organismo compromete energia além da sua capacidade para processar aquela massa e no final das contas, o corpo não absorve os nutrientes necessários para seu bom funcionamento, ou seja, você perde a força para viver. Você se torna obeso pois aquele monte de comida que serviu para você esquecer dos problemas vai se acumulando em uma capa de gordura que tende a aumentar. A consequência disso eu não preciso dizer, não é? Fora a questão da energia, que nesse caso será insuficiente para realizar as tarefas do dia a dia, tem a questão da autoestima. Você olha no espelho e o que vê é um ser que no fundo, no fundo, não lhe parece familiar.

 

5. TOME ATITUDEansiedade_05

Não vou entrar no mérito da religião nem da ciência mas sabemos que nossas ações geram reações e o Universo é implacável em relação à isso. Não adianta querer enganar o mundo dizendo que você é uma coisa sendo que não é. A vida é feita de ações. Ações positivas geram resultados positivos e ações negativas geram resultados negativos. É só ter bom senso e optar pelo caminho dos resultados positivos. Não pense que quando falamos em “ações positivas e negativas”, estamos falando apenas de ajudar uma idosa à atravessar a rua ou jogarmos um papel no chão, estamos falando de o bem estar daquela senhora preocupar você. Assim como um papel no chão deixá-lo indignado a ponto de você não só se preocupar em não jogar como se preocupar em conscientizar outras pessoas. Entende a diferença?

 

6. SEJA GRATOansiedade_06

Peça menos e agradeça mais. Seja grato. Só isso. Pela sua vida, pela vida das pessoas que você gosta e daquelas que você nem conhece. Seja grato por pedir ajuda e receber… não esqueça disso. As oportunidades aparecem quando você se posiciona de maneira humilde diante das pessoas, dos animais, da natureza, enfim, da vida!

 

7. RELAXE E MEDITEansiedade_07

Separe quinze minutos do seu dia para meditar. A meditação é uma técnica de autoconhecimento e quando praticada com regularidade observamos que nos conectamos com o lado espiritual. Esvaziando a mente mudamos a forma com a qual nos vemos. Somos seres de luz e únicos. Consequentemente, nossa percepção sobre os outros seres também melhora, passamos a respeitar mais e a julgar menos. Sem contar que, com a prática da meditação, aprendemos a “filtrar” os pensamentos negativos, sejam eles quais forem, que vêm de fora e parece que tomam conta de nossa mente.

 

8. VIVA O PRESENTEansiedade_08

Preocupações com o futuro, arrependimentos do passado. Estamos sempre “antenados” em algum momento que definitivamente não é o “presente”. O passado serve como parâmetro para novas ações e pensamentos. O futuro é incerto e por isso mesmo devemos ter uma vida planejada, com reservas para situações difíceis e tal, mas as sensações, o toque, o perfume, a visão, o som, a magia da vida ocorre no “presente”.

 

9. FAÇA EXERCÍCIOS FÍSICOSansiedade_09

Ansiedade, depressão, estresse, irritabilidade… todos esses estados e sensações estão interligados e geralmente quando um deles te faz uma visita, pode ter certeza de que tem mais agregados vindo pra ficar! Uma arma fundamental contra tudo isso continua sendo a prática regular de exercícios físicos. Seja lá qual for a sua idade, seu peso… Consulte um médico, avalie suas condições e dê o primeiro passo. Pense de que forma funcionaria pra você, um plano em uma academia, uma corrida no mínimo três vezes por semana. Sabe aquilo que eu te falei no item 5. “Atitude” sobre ação e reação? Então, quando você cria uma rotina para exercitar seu corpo, é como se você dissesse e o Universo ouvisse: “EU QUERO VIVER!”, “SOU GRATO PELO MEU CORPO E PELA MINHA MENTE. VOU CUIDÁ-LOS BEM SEMPRE!”.

 

10. DÊ O EXEMPLOansiedade_10

De que adianta nos beneficiarmos de uma vida harmoniosa e feliz sabendo que outros seres passam pelas mesmas dificuldades? Não é questão de ser bonzinho, entende? Aquela pessoa ansiosa e estressada irá cruzar o caminho de muitas pessoas e também cruzará o seu, espalhando rancor e negatividade. Não é bom pra ninguém. Vou recorrer mais uma vez ao item 5. “Atitude” para ressaltar a importância da SUA “ação positiva”. É ela que abre possibilidades nas mentes de pessoas que acham que tudo está perdido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.